"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#129 Filhos



Leitura: João 1:12-13
Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=Sth4FDQZ05U

É um grande engano achar que somos filhos de Deus por natureza. Não somos. Se quisermos saber de que somos filhos, basta ler o que diz o apóstolo Paulo em sua carta aos efésios. Lá ele diz aos cristãos que viviam em Éfeso que antes de sua conversão, por andarem segundo o curso deste mundo, segundo o diabo, e segundo seus próprios instintos e pensamentos, eles eram "filhos da desobediência" e "filhos da ira".

Portanto, se você ainda não se converteu a Jesus, os títulos "filho da desobediência" e "filho da ira" podem parecer fortes demais e nem um pouco politicamente corretos de serem mencionados aqui, mas é exatamente isso o que a Bíblia diz de você. E neste evangelho fica muito claro que não somos filhos de Deus por natureza porque João fala de um novo nascimento, um nascimento espiritual que nada tem a ver com nossa existência como seres humanos.

Após dizer que Jesus veio para o que era seu e os seus não o receberam, o texto continua dizendo, "mas, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus". Portanto, se é apenas quando as pessoas crêem em Jesus que recebem esse título de "filhos de Deus", antes disso elas não podem dizer que têm esse privilégio, não é mesmo? E tem mais.

Você não se torna filho de Deus por descendência, por vontade própria ou pela vontade de alguém. Isto é, mesmo que seus pais sejam filhos de Deus por crerem em Jesus, isso não torna você automaticamente um filho de Deus. Também não é por seu esforço ou vontade própria que você adquire esse título e posição. Tampouco pelo esforço ou vontade de outra pessoa, como se existissem pessoas com o poder de transformar os outros em filhos de Deus por meio de alguma oração, imposição de mãos ou passe de mágica.

O evangelho diz que os filhos de Deus "não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus". Isso mesmo, o novo nascimento, ou nascimento do alto, ou nascimento espiritual, é algo que Deus faz. Assim como não foi pelo seu esforço que você nasceu neste mundo, não é pelo seu esforço que você nasce de novo, mas por obra e graça de Deus.

Se você ainda acha que Jesus é um ser iluminado, comparável a algum guru, anjo ou extraterrestre, você ainda não nasceu de novo. Se acha que é pelos seus esforços que chegará ao céu, você ainda precisa nascer de novo. Se acredita que por ser humano já é automaticamente membro da família de Deus, ainda não entendeu o que diz o evangelho. Antes dos próximos 3 minutos é melhor crer em Jesus e pedir a ele que salve você, se quiser se tornar realmente um filho de Deus.
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.