"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#222 O grao de trigo deve morrer



Leitura: João 12:23-26
Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=4FqTLXUrXdQ

Se você entender o que Jesus diz no versículo 23 do capítulo 12 de João, verá que ele fala do fim do homem em sua condição terrena. "É chegada a hora em que o Filho do Homem há de ser glorificado. Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, dá muito fruto".

Acompanhe meu raciocínio: Os gregos ou gentios expressam seu desejo de ver Jesus, enquanto os judeus o aclamam como Rei, antes de o entregarem aos romanos para ser morto. Aquela é uma sociedade fundamentada numa tríplice cultura, como mais tarde os dizeres na cruz comprovariam: a frase "ESTE É O REI DOS JUDEUS" foi escrita em caracteres gregos, romanos e hebraicos.

Vivemos numa sociedade que herdou suas crenças religiosas do judaísmo, seja você cristão ou muçulmano. Ao mesmo tempo nossa organização social, política, jurídica e militar é romana em sua essência, e nosso pensamento está impregnado de filosofia grega. E é para esse grego que trazemos em nós que Jesus fala aqui.

Nos tempos do Novo Testamento a filosofia grega ia desde os que queriam aproveitar o aqui e agora até os que acreditavam na imortalidade da alma. Para uns, entregar a própria vida era um desperdício. Para outros, ressuscitar não passava de ficção. Ao falar do grão de trigo que precisa morrer para dar fruto Jesus está falando de sua morte e ressurreição, uma loucura para qualquer grego.

Em Atos 17 os atenienses ficam divididos com o que Paulo diz no Areópago. "Quando ouviram falar em ressurreição de mortos, uns escarneciam, e outros diziam: Acerca disso te ouviremos ainda outra vez". Alguns creram, mas precisaram abandonar seu pensamento filosófico, pois a ressurreição não cabia nele.

Paulo mostra isso em 1 Coríntios, ao dizer que "a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus". Deus destruiria a sabedoria dos sábios e a inteligência dos inteligentes, tornando louca a sabedoria deste mundo, a mesma sabedoria que os gregos vendiam e a sociedade moderna comprou.

O evangelho nada tem a ver com sabedoria humana, mas com a que é ensinada pelo Espírito de Deus e entendida pelos que possuem a mente de Cristo. A cartada final contra a sabedoria humana acontece no capítulo 15 de 1 Coríntios: "Como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé... Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem".

Ao crer em Cristo você leva o pacote completo que inclui morte e ressurreição. Ontem um Homem morreu em seu lugar para pagar pelos pecados que você cometeu. Hoje esse Homem está no céu, em carne e ossos. É disso que falaremos nos próximos 3 minutos.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.

Mais vistos...