"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#229 Nas trevas ou na luz?



Leitura: João 12:44-50
Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=15L63iJuzZ8

Crer em Deus Pai é também crer em Jesus, o Filho de Deus. Honrar a um é honrar ao outro, e rejeitar a um é rejeitar a ambos. É impossível crer em um sem crer no outro, pois o Filho e o Pai são duas Pessoas ou personalidades indissolúveis do único Deus.

Deus nunca foi visto por ninguém, mas quem vê a Jesus vê a Deus, não fisicamente, mas moralmente. A carta aos Hebreus diz que Jesus é o resplendor da glória de Deus e a expressa imagem da sua Pessoa. Ele sustenta todas as coisas pela Palavra do seu poder. Se você não crê na divindade do Filho, terá de rejeitar também a divindade do Pai.

Neste evangelho Jesus afirma ser a luz que veio a um mundo cujas trevas engolfaram todos os homens sem exceção. É só pela fé em Jesus que você é transportado das trevas para a luz. Crer nele é crer nas suas palavras, as mesmas que no último dia irão julgar os incrédulos.

No versículo 49 Jesus diz: "o Pai, que me enviou, ele me deu mandamento sobre o que hei de dizer e sobre o que hei de falar". Perceba que "dizer" e "falar" são duas palavras com significados diferentes. Jesus recebeu do Pai não apenas o sentido e significado de sua mensagem, mas também literalmente as palavras que devia articular. Elas revelam o objetivo de Deus para você: a condenação, se continuar como está, ou a vida eterna se crer em Jesus.

Não existe meio termo: ou você está na luz ou nas trevas. Vivendo nas trevas você continuará sentindo pavor de Deus, buscando outras coisas para saciar seu coração, e ignorando o que o destino trará. Cada dia só aumentará a pressão no gatilho da Roleta Russa de sua vida.

Seu pavor de Deus será por ver a morte no fim do túnel. Você sente calafrios só de pensar em se encontrar com ele na condição de réu, para ser julgado. Você o vê como um tirano, cuja ira deve ser aplacada com penitências, rezas e esmolas, ou cujo favor você precisa fazer por merecer. Mas pode ser que não sinta nada disso por achar que Deus é um velhinho bondoso e senil que nem vai reparar nos seus pecados. Só que quando você coloca a cabeça no travesseiro, você cai na real.

Porém, se você creu em Jesus como seu Salvador, o sacrifício dele na cruz proveu tudo o que era necessário para satisfazer a Deus, e você foi transportado das trevas para a luz. Agora você vive na certeza de que todos os seus pecados foram pagos por Jesus lá na cruz, e você foi perdoado de todos eles no exato momento em que se converteu. Você vive aliviado por saber que irá comparecer na presença de Deus com sua ficha limpa pelo sangue do Cordeiro de Deus, e que desde já pode desfrutar da bendita intimidade de chamar a Deus de Pai.

Nos próximos 3 minutos veja os sete milagres que Jesus fez até aqui e como eles se aplicam ao pecador que crê em Jesus.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.