"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#663 Um remanescente



Leitura: Marcos 1:4-12

João Batista é o maior e derradeiro profeta enviado a Israel. Outros o precederam, como Moisés e Elias, o primeiro levantado por Deus para trazer a Lei e o segundo para denunciar a desobediência do povo àquela mesma Lei. Agora Deus levanta um profeta, o último e maior de todos, para proclamar o arrependimento do que restava daquela grande nação de Deus do passado. Quando o testemunho de Deus falha em seu caráter coletivo, o arrependimento e restauração da comunhão é individual.


Assim tem sido também com o testemunho da Igreja. Na sequência histórica e profética das sete cartas em Apocalipse 2 e 3, aquilo que começou com grande poder e sinais em Atos 2 termina abandonando seu primeiro amor e trazendo náuseas ao Senhor. Em tempos de ruína Deus passa a peneira em busca de um remanescente que se mostre disposto a ter uma comunhão individual com ele. Por isso vemos um convite individual à comunhão em Apocalipse 3:20: “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo”.

Agora neste capítulo existe também um remanescente, que se identifica com João Batista e tem um coração arrependido pelas transgressões e desprezo do povo aos oráculos de Deus. Esses confessam publicamente seus pecados e buscam o batismo de arrependimento. Eles esperam pelo Messias, não em um espírito de soberba como os sacerdotes, escribas e outros clérigos, mas de humilhação. Então são surpreendidos pelo ainda desconhecido Jesus entrando na fila do batismo: “Naquela ocasião Jesus veio de Nazaré da Galileia e foi batizado por João no Jordão” (Mc 1:9).

Jesus não tem de que se arrepender, mas quer identificar-se com o remanescente arrependido. Como um Servo humilde ele se coloca ombro a ombro com suas criaturas arruinadas. Mas se você está surpreso por ver o Filho de Deus sem pecado identificar-se assim com o pecador, espere até vê-lo pendurado numa cruz, “transpassado por causa das nossas transgressões... esmagado por causa de nossas iniquidades” (Is 53:5).

“Assim que saiu da água, Jesus viu os céus se abrindo, e o Espírito descendo como pomba sobre ele. Então veio dos céus uma voz: "Tu és o meu Filho amado; em ti me agrado.” (Mc 1:10-11). A Trindade, embora não apareça com este nome na Bíblia, é claramente vista aqui nas três Pessoas distintas: o Filho sendo batizado, o Espírito em forma de pomba e a voz do Pai saindo do céu. Logo após, o Espírito o impeliu para o deserto” (Mc 1:12), selando assim o início do testemunho de Jesus.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.