"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#671 Obreiros enganosos


Leitura: Marcos1:24-25

O demônio incorporado no homem na sinagoga diz a Jesus: “Sei quem tu és, o Santo de Deus”. Mas Jesus o repreende dizendo: “Cale-se e saia dele!” (Mc 1:24-25). O Filho de Deus não iria permitir que o testemunho de demônios interferisse em sua obra. De modo semelhante, no livro de Atos uma jovem possessa é vista seguindo os discípulos e proclamando nas ruas: “Estes homens são servos do Deus Altíssimo e lhes anunciam o caminho da salvação” (At 16:17). Um leitor menos atento poderia pensar que ela estava ajudando, mas Paulo discerne aquilo e recusa o testemunho demoníaco, libertando a jovem do espírito maligno que a afligia.

A especialidade de Satanás, dos anjos caídos e dos espíritos malignos é a imitação. Eles são mestres nesta arte e costumam usar seres humanos, influenciados ou incorporados, como explica Paulo: “Tais homens são falsos apóstolos, obreiros enganosos, fingindo-se apóstolos de Cristo. Isto não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz. Portanto, não é surpresa que os seus servos finjam que são servos da justiça. O fim deles será o que as suas ações merecem.” (2 Co 1:13-15).

A cristandade está cheia de “falsos apóstolos, obreiros fraudulentos” e falsos servos fingindo ser “servos de justiça”. Ingênuo é o que acredita em tudo que se diz “cristão” ou “evangélico”, pois o próprio Jesus alertou: “Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? ’ Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci’.” (Mt 7:22-23). O argumento usado pelos crédulos é: “Não julguem, para que vocês não sejam julgados” (Mt 7:1). Mas aí Jesus fala do julgamento de pessoas, de seus corações e intenções, o que ele fará no dia do juízo.

Na continuação Jesus diz: “Não deem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos” (Mt 7:6). Para fazer isso é preciso discernir e identificar tais pessoas. O alerta continua: “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores.” (Mt 7:15). O crente deve sim julgar as doutrinas e frutos dessa matilha que invadiu a cristandade e ficar longe deles. Paulo aconselha: “Não participem das obras infrutíferas das trevas; antes, exponham-nas à luz” (Ef 5:11). Por trás desses homens e mulheres está o poder de Satanás; seus mentores são anjos caídos, e seus operadores de milagres são demônios ou espíritos imundos. Isto quando não usam de meros truques de mágica de salão.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.