"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#675 Ao anoitecer


Leitura: Marcos 1:32-34

“Ao anoitecer, depois do pôr-do-sol, o povo levou a Jesus todos os doentes e os endemoninhados. Toda a cidade se reuniu à porta da casa, e Jesus curou muitos que sofriam de várias doenças. Também expulsou muitos demônios; não permitia, porém, que estes falassem, porque sabiam quem ele era.” (Mc 1:32-34).

Ao contrário dos nossos dias, quando muitas empresas e serviços funcionam a noite toda, naquele tempo não era comum trabalhar à noite. Mas aqui vemos o perfeito Servo empenhado em servir, independente de ser dia ou noite. Ele não se importa de atender “toda a cidade” que “se reuniu à porta da casa” de Pedro, e cura os enfermos. Também expulsa os demônios, sem permitir que estes falem e revelem quem ele é. Ele não precisa da parceria das trevas em seu ministério e nem busca fama como fazem os curandeiros.

Cabe muito bem aqui a expressão que Jesus usa no Evangelho de João para os fariseus, que o acusavam de transgredir o sábado por curar enfermos no dia do descanso: “Meu Pai continua trabalhando até hoje, e eu também estou trabalhando” (Jo 5:17). Os líderes religiosos não têm escrúpulos em deixar de lado a graça e a misericórdia para seguir regras rígidas decorrentes de uma interpretação equivocada das Escrituras. E quando não as encontram na Bíblia, eles criam suas próprias regras e tradições e passam a exigir que seus seguidores as cumpram.

Na história da humanidade não faltam maldades feitas em nome de Deus, por isso Davi, quando teve de escolher dentre três penalidades para o seu pecado, respondeu a Gade, o profeta: “Prefiro cair nas mãos do Senhor, pois grande é a sua misericórdia, e não nas mãos dos homens” (2 Sm 24:14). Mas esta escolha só está disponível para os que conhecem a Deus. Um dia Jesus voltará, não mais como o Servo bondoso e humilde que encontramos nos Evangelhos, mas como o severo Filho do Homem, o justo Juiz do Livro de Apocalipse. Quando esse momento chegar a Bíblia avisa que “terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo” (Hb 10:31).

Vivemos hoje, por assim dizer, “ao anoitecer, depois do pôr-do-sol”, nos últimos resquícios da luz da graça ainda disponível para o pecador. O grito da meia-noite — “O noivo se aproxima! Saiam para encontrá-lo!” (Mt 25:6) — já foi dado. Agora só resta a chegada desse Noivo que é Jesus, o que pode ocorrer a qualquer momento. Você está pronto para encontrá-lo?

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.