"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#682 So' Deus pode perdoar



Leitura: Marcos 2:5-12

Depois do esforço dos amigos do paralítico para levá-lo à presença de Jesus, eles devem ter ficado decepcionados quando Jesus, “vendo a fé que eles tinham, disse ao paralítico: ‘Filho, os seus pecados estão perdoados’” (Mc 2:5). E a paralisia?! Jesus sabia da real necessidade daquele homem: o perdão dos pecados. Hoje milhões de pessoas enchem as chamadas igrejas em busca de algo que não é prioridade. Procuram por curas, prosperidade ou sorte no amor, quando a necessidade é de salvação eterna.

Você acha que só será possível saber se os seus pecados foram perdoados quando chegar ao Juízo Final? O problema é que se você chegar lá não encontrará perdão, mas condenação. Aquele será um dia de lavratura da sentença dos perdidos. Ninguém sairá dali salvo. Seus pecados precisam ser perdoados em vida, pois após a morte estão encerradas quaisquer chances de salvação. Mas seria possível ter os pecados perdoados ainda em vida? Ora, acaso não é o que acontece com este paralítico? Se lhe perguntassem o que ele iria fazer com seus pecados, ele podia muito bem dizer: “Que pecados? Acabei de ser perdoado. Jesus me perdoou!”.

“Estavam sentados ali alguns mestres da lei, raciocinando em seu íntimo: ‘Por que esse homem fala assim? Está blasfemando! Quem pode perdoar pecados, a não ser somente Deus?’” (Mc 2:6-7). A cena faz lembrar uma grávida em pé num ônibus em frente a um marmanjo sentado. Os marmanjos religiosos judeus não moveram uma palha enquanto aqueles homens suavam para levar o paralítico a Jesus. Isto é o que você mais vê nas religiões. Seus líderes cuidando do conforto pessoal enquanto Deus está agindo por meio de anônimos para levar pessoas a Cristo.

Ao menos estes aqui têm razão numa coisa: reconhecem que perdoar pecados é um atributo divino, mas não dizem isso em voz alta. Eles “raciocinavam em seu íntimo”, sem saber que Jesus estava grampeando seus pensamentos. “Jesus percebeu logo em seu espírito que era isso que eles estavam pensando e lhes disse: ‘Por que vocês estão remoendo essas coisas em seus corações?’  Que é mais fácil dizer ao paralítico: ‘Os seus pecados estão perdoados’, ou: ‘Levante-se, pegue a sua maca e ande’? Mas, para que vocês saibam que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados — disse ao paralítico — eu lhe digo: ‘Levante-se, pegue a sua maca e vá para casa’. Ele se levantou, pegou a maca e saiu à vista de todos. Estes ficaram atônitos e glorificaram a Deus, dizendo: ‘Nunca vimos nada igual!’” (Mc 2:8-12). 

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.