"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#694 Obstaculos do inimigo


Leitura: Marcos 3:9-12

Neste capítulo, após a oposição dos judeus, vemos outras seis ocasiões em que homens e demônios tentam atrapalhar Jesus. O que começou como um interesse genuíno, “pois ele havia curado a muitos”, se transformou num movimento desenfreado, pois “os que sofriam de doenças ficavam se empurrando para conseguir tocar nele.” (Mc 3:10). Então, “por causa da multidão, disse aos discípulos que lhe preparassem um pequeno barco, para evitar que o comprimissem.”. (Mc 3:9).

Este episódio não é o mesmo do capítulo 4, quando Jesus se afasta da praia em um barco para ensinar a multidão. Aqui a multidão coloca obstáculos ao seu ministério, pois em meio às pessoas havia possessos de demônios e “sempre que os espíritos imundos o viam, prostravam-se diante dele e gritavam: ‘Tu és o Filho de Deus’. Mas ele lhes dava ordens severas para que não dissessem quem ele era” (Mc 3:11-12). Depois temos o versículo 19, que fala de “Judas Iscariotes, que o traiu”, e no versículo 20 a multidão volta a atrapalhar a comunhão entre Jesus e os discípulos. No versículo 21 e do 31 ao 35 seus familiares irão dizer que ele sofre de problemas mentais, e nos versículos 22 ao 30 são os religiosos judeus que voltam ao ataque acusando Jesus de possessão demoníaca.

Em Atos 16, existe o episódio de uma jovem possessa que, “por muitos dias”, fez ‘propaganda’ do trabalho de Paulo e Silas, ao proclamar pelas ruas: “Estes homens são servos do Deus Altíssimo e lhes anunciam o caminho da salvação”. (At 16:17-18).  Repare que ao anunciar Paulo e Silas com “servos do Deus Altíssimo” o demônio não dava testemunho de Jesus, mas dos servos que pregavam. Será que você é capaz de identificar o falso evangelho, tão popular em nossos dias, que exalta e dignifica o pregador ao invés do Cristo que ele deveria pregar? Paulo expulsou o espírito maligno e interrompeu aquela falsa ajuda vinda das trevas.

Deus não aceita o testemunho de demônios em sua obra, e devemos também ter cuidado com a ajuda de pessoas que possam atrapalhar, ou por darem um mau testemunho, ou por não entenderem a graça de Deus. Num pequeno povoado de Goiás pedi ajuda a um morador local, que se apresentava como “crente”, para me indicar um lugar onde existisse um bom número de pessoas às quais eu pudesse pregar o evangelho. Ele me levou até uma casa e quando terminei de falar da salvação pela fé em Jesus, que morreu e ressuscitou, o homem completou: “Mas não adianta só crer em Jesus para ser salvo; é preciso também guardar toda a Lei”.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.