"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#704 Vinculos rompidos


Leitura: Marcos 3:31-35

“Então chegaram a mãe e os irmãos de Jesus. Ficando do lado de fora, mandaram alguém chamá-lo. Havia muita gente assentada ao seu redor; e lhe disseram: ‘Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e te procuram’. ‘Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?’, perguntou ele. Então olhou para os que estavam assentados ao seu redor e disse: ‘Aqui estão minha mãe e meus irmãos! Quem faz a vontade de Deus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe.’” (Mc 3:31).

Esta passagem complementa o versículo 21, “quando seus familiares... saíram para apoderar-se dele, pois diziam: ‘Ele está fora de si’”. Agora eles chegam à casa onde Jesus está e precisam enviar um recado, pois não conseguem entrar por causa da multidão. Esses irmãos não são primos, mas filhos de Maria, todavia não é esta a principal finalidade da passagem neste contexto. Você já sabe que os líderes judeus tinham rejeitado a Jesus, e sua família o chamou de insano. Portanto agora ele irá desfazer seus laços, não apenas com o povo de Israel, mas também com seus familiares.

Aqui não se trata de Jesus faltar com o respeito à sua mãe, mas sim de enviar uma mensagem clara a todo aquele que deseja segui-lo. A partir de agora ele caminharia sem os vínculos naturais e também aqueles com Israel como nação. Mais tarde ele instruiria seus discípulos sobre a posição marginal que eles ocupariam em um mundo que rejeitou seu Senhor:

“Vocês serão traídos até por pais, irmãos, parentes e amigos, e eles entregarão alguns de vocês à morte. Todos odiarão vocês por causa do meu nome... Não pensem que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim para fazer que o homem fique contra seu pai, a filha contra sua mãe, a nora contra sua sogra; os inimigos do homem serão os da sua própria família. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim... Se alguém vem a mim e ama o seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo.” (Jo 21:16-17; Lc 14:26; Mt 10:34-37).

Percebe como as tentativas de pacificação do mundo estão na contramão do que Jesus falou? E se você acha falta de amor amar a ele mais que a seus filhos e cônjuge, então não prestou atenção quando ele disse que você não deve amar nem a “sua própria vida” mais que a Jesus.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.