"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#707 Teoria dos Conjuntos


Leitura: Marcos 4:1-14

O “mistério do Reino” (Mc 4:11), do qual Jesus fala aos discípulos, é também uma esfera de responsabilidade, mas não é a mesma coisa que a Igreja. No Reino existe joio, na Igreja só trigo. Depois que esta for arrebatada, o Reino permanecerá na terra ainda em mistério, para ser estabelecido de forma visível e em poder com a vinda de Cristo para reinar. Hoje uma pessoa é introduzida no Reino pelo batismo, e passa a fazer parte da “casa de Deus”, que é o aspecto exterior da Igreja na terra. Mesmo assim ela estará eternamente perdida se não tiver nascido de novo.

Pense na Teoria dos Conjuntos que aprendeu nas aulas de Matemática. O Reino é o conjunto maior formado por aqueles que já não são pagãos, pois se associaram ao nome de Cristo pelo batismo e professam ter “um só Senhor, uma só fé, um só batismo” (Ef 4:5). São os que hoje se dizem cristãos, sejam eles falsos ou verdadeiros. Simão, o mago e falso convertido de Atos 8, era batizado e fazia parte desse conjunto ou “grande casa” (2 Tm 2:20). Uma profissão de fé, mesmo falsa, traz responsabilidades, e foi por isso que Simão recebeu uma severa repreensão de Pedro, que disse: “Você não tem parte nem direito algum neste ministério”  (At 8:21).

Quando Jesus estava na terra o Reino estava aqui na Pessoa dele, pois ele mesmo disse aos judeus: “o Reino de Deus está entre vocês” (Lc 17:21). Deus estava em Cristo mostrando a condição moral que deve caracterizar o Reino, e também o poder governante dele, que era capaz de subjugar a própria natureza. Antes de Cristo subir ao céu somente ele estava nesse Reino, mas com a vinda do Espírito Santo para habitar na terra o Reino pôde ser visto aqui manifestado nos que são habitados pelo Espírito. Apesar de o Reino ser apresentado em “mistério” ou  “segredo” nas parábolas, você verá que o Reino é também manifestado em seu aspecto exterior naquilo que Satanás e o homem têm feito com ele.

Aí sim nós o vemos invadido pelo joio, que se parece com o trigo, porém cujas folhas não olham para o Sol e nem acompanham seu movimento no céu como faz o trigo. Também o vemos habitado por aves emissárias de Satanás, que roubam a boa semente caída à beira do caminho, e se aninham na aberração que é a grande árvore de mostarda em seu crescimento anormal. O Reino é também semelhante à massa contaminada pelo fermento da má doutrina, e aquilo que deveria servir de alimento, serve para estufar o orgulho humano. Tudo isso é também a cristandade, um sistema frondoso por fora, porém corrupto por dentro.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.