"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#712 Uma serpente 'a porta



Leitura: Marcos 4:24-25

Depois de falar do efeito causado pela Palavra nas diferentes pessoas e situações, Jesus alerta: “Se alguém tem ouvidos para ouvir, que ouça. E disse-lhes: ‘Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo. Com a medida com que medirem, vocês serão medidos; e ainda mais lhes acrescentarão. A quem tiver, mais lhe será dado; de quem não tiver, até o que tem lhe será tirado.’” (Mc 4:23-25). Esse ouvir tem dois aspectos: O que ouvimos e como ouvimos.

O que ouvimos tem a ver com nossa responsabilidade de julgar se algo vem de Deus, do diabo, do mundo ou da carne. Nem todas as vozes no mundo falam a pura Palavra de Deus. Alguns pregam a Lei de Moisés como meio de salvação, mas ela foi dada “a fim de que, pelo mandamento, [o pecado] se mostrasse sobremaneira maligno” (Rm 7:13). A Lei não absolve o pecador, a Lei o acusa. Outros pregam preceitos de homens, mensagens motivacionais ou superstições. Com tantas ideias, filosofias e doutrinas o único guia seguro para verificar tudo é a Bíblia, a Palavra de Deus.

Existe também a responsabilidade de conferir a idoneidade da fonte. “Acaso pode sair água doce e água amarga da mesma fonte? Meus irmãos, pode uma figueira produzir azeitonas ou uma videira, figos? Da mesma forma, uma fonte de água salgada não pode produzir água doce.” (Tg 3:11-12). Costumo receber links, textos e vídeos de pessoas querendo saber minha opinião. Experimentar tudo seria o mesmo que comer qualquer alimento à venda, mas o fato de algo estar sendo vendido não significa que seja bom. Pode fazer mal à saúde ou estar estragado.

Primeiro eu verifico a embalagem, confiro o fabricante, os ingredientes, conservantes, corantes etc. Se for alimento fresco, o cheiro irá indicar se está estragado. Existe muito lixo na Internet tentando se passar por comida fresca, mas que ataca as verdades fundamentais do cristianismo. É melhor nem chegar perto para não se contaminar. Você precisa estar alerta. Depois de Caim sucumbir ao pecado e matar seu irmão, Deus deu a ele um alerta: “Saiba que o pecado o ameaça à porta” (Gn 4:7).

Quem mora na zona rural sabe que, ao abrir a porta para sair de manhã, poderá encontrar uma serpente na soleira. Ela é atraída pelo calor que sai por debaixo da porta, e se você sair distraído poderá ser picado. O que fazer? Pegue uma vassoura e varra a cobra para bem longe de você, sem tocar nela e nem mesmo cheirá-la. Faça o mesmo com a má doutrina.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.