"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#713 O ataque das trevas



Leitura: Marcos 4:24-25

Jesus alertou: “Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo” (Mc 4:24). Isso mostra o cuidado com o que nos dizem sobre Deus. O diabo está ativo em sua missão de atrapalhar os planos de Deus, e seu primeiro ataque será negar ou distorcer a Palavra de Deus, como fez ao perguntar a Eva: “Foi isto mesmo que Deus disse: ‘Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim’?” (Gn 3:1). Deus não havia dito “de nenhum fruto”, mas que não deviam comer da árvore do conhecimento do bem e do mal.

Hoje somos bombardeados por textos, áudios e vídeos de pessoas que querem negar a veracidade das Escrituras. Quando vêm de céticos e ateus é fácil detectar suas intenções, mas o problema é quando os ataques vêm de supostos cristãos. Alguns trazem títulos como “Doutor em Divindade”, “Professor de Hebraico”, “Mestre em Bíblia” etc. Vi um livro cuja capa trazia sob o nome do autor: “A maior autoridade em Bíblia do mundo”. Fiz uma busca pelo nome e descobri que ele é professor e chefe do departamento religioso de uma universidade. Era cristão, mas tornou-se agnóstico, e hoje escreve livros falando mal da Bíblia e de Jesus.

O curioso deste e outros autores que tentam negar os fundamentos da fé cristã é que eles sempre recorrem à Bíblia, a mesma que afirmam não ser digna de confiança. E são tipos assim que ensinam os pastores e ministros que depois irão disseminar suas ideias nos púlpitos das igrejas. Existem também os que argumentam que a Igreja Católica corrompeu as Escrituras e por isso não podemos confiar nelas. O problema é que ninguém possui os manuscritos originais escritos pelos apóstolos, o que deixa no ar a seguinte pergunta: Como esses autores sabem que os textos que temos foram adulterados se ninguém tem acesso aos originais? Você só pode dizer se algo é falso quando tem o verdadeiro para comparar.

Um ataque mais sutil vem daqueles que dizem que a Bíblia não é a Palavra de Deus, mas que apenas contém a Palavra de Deus. Isso dá margem a qualquer um selecionar na Bíblia aquilo que considera ser Palavra de Deus e descartar o resto. Obviamente será difícil dois leitores concordarem nisso. Todavia, qualquer um que conheça a Cristo como Salvador e a Deus como Pai descansará na certeza de que a Bíblia é sim a inerrante Palavra de Deus. O maior interessado de que as Escrituras chegassem intactas até nós é Deus, o Autor. Aqui e ali podem existir pequenas falhas de copistas e tradutores, mas Deus estará sempre no controle e nós poderemos também comparar os textos em centenas de manuscritos e versões.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.