"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#722 Pecadores radioativos


Leitura: Marcos 4:37-39

Libertados de uma tormenta, os discípulos no barco “estavam apavorados e perguntavam uns aos outros: ‘Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?’.” (Mc 4:41). Tinham acabado de ver um Jesus perfeitamente humano, quando “estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro” (Mc 4:38), e perfeitamente divino, quando “se levantou, repreendeu o vento e disse ao mar: ‘Aquiete-se! Acalme-se!’ O vento se aquietou e fez-se completa bonança” (Mc 4:39). Qual é o problema deles? Como muitos religiosos hoje, ocupam-se com Jesus, mas não o conhecem.

Se você não conhece quem é Jesus e o que realmente fez não pode ter certeza da salvação eterna, e por eterna falo de uma salvação impossível de ser perdida. Antes de sair por aí berrando nas praças com uma Bíblia na mão, é melhor fazer a lição de casa, pois alguém poderá perguntar se você tem certeza de ir para o céu. O que você responderá? Que não é “como os outros homens: ladrões, corruptos, adúlteros”? Que jejua “duas vezes por semana” e dá “o dízimo de tudo” quanto ganha? O fariseu que se gabava de seus feitos saiu perdido da presença de Deus. O publicano, que “nem ousava olhar para o céu, mas batendo no peito, dizia: ‘Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador’”, saiu justificado (Lc 18:9-14).

A versão moderna daquele fariseu são os que confiam em sua própria justiça e, de nariz empinado, se acham mais justos e santos do que os que não frequentam a mesma congregação e seguem sua mesma lista de regras. Se for mulher, talvez acredite que seu cabelo, roupa ou ausência de cosméticos a torne melhor que a pecadora que “trouxe um frasco de alabastro com perfume, e se colocou atrás de Jesus, a seus pés. Chorando, começou a molhar-lhe os pés com as suas lágrimas. Depois os enxugou com seus cabelos, beijou-os e os ungiu com o perfume.” (Lc 7:37-38).

Deus não liberta você das cadeias eternas por bom comportamento. Sua salvação só pode ser recebida por graça, não como recompensa por sua religião, modo de vestir ou perseverança. Tudo isso vem de você, mas a salvação vem de Deus e só é dada aos que se veem tão pecadores quanto incapazes de serem salvos por seus próprios meios. Nas siderúrgicas a sucata passa por um detector de radiação antes de ser transformada na panela de sua cozinha. Metais usados em processos radioativos devem ser eliminados. Eu e você somos a sucata que Deus quis transformar em ouro. A menos que você entenda a real contaminação de seu pecado e que nada do que é seu serve para Deus, não irá entender o valor da obra de Cristo.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.