"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

#740 Conhecer a Jesus


Leitura: Marcos 6:14-16

Os efeitos da missão dos doze discípulos enviados pelo Senhor para pregar o evangelho do Reino logo se fazem sentir. “O rei Herodes ouviu falar dessas coisas, pois o nome de Jesus havia se tornado bem conhecido.” (Mc 6:14). Este é o objetivo do evangelho: Anunciar a Jesus. Hoje vemos grandes esforços para tornar conhecido o nome de algum pregador ou religião, como se existisse algo ou alguém além de Jesus para nos salvar. “Não há salvação em nenhum outro, pois, debaixo do céu não há nenhum outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos” (At 4:12).

A mensagem de cada cristão deve estar concentrada em Jesus, aquele que “Deus exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai.” (Fp 2:9-11). Pessoas bem intencionadas costumam bajular pregadores, aplaudir bandas ou serem fieis até à morte a uma denominação religiosa. Mas será que Deus se sente feliz com a exaltação de qualquer coisa ou pessoa que não seja Cristo?

À medida que a fama de Jesus se espalhava, as pessoas davam suas opiniões sobre sua Pessoa. Alguns diziam, “‘João Batista ressuscitou dos mortos! Por isso estão operando nele poderes miraculosos.” Outros, “Ele é Elias”, e outros “Ele é um profeta, como um dos antigos profetas”. Mas Herodes tinha sua própria opinião: “João, o homem a quem decapitei, ressuscitou dos mortos!” (Mc 6:14-16). A opinião pública sempre erra.

Quando Pedro disse “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” Jesus respondeu: “Isto não lhe foi revelado por carne ou sangue, mas por meu Pai que está nos céus.” (Mt 16:16). Portanto, se você for comprar aquela revista que traz Jesus na capa e promete explicar tudo sobre Jesus, use seu dinheiro de outra maneira. Se pretende gastar horas de seu precioso tempo assistindo um documentário sobre Jesus no cinema ou TV, use esse tempo para ler a Bíblia. Ali tem tudo o que você precisa saber de Jesus, sem arriscar sua mente a ficar impregnada de noções distorcidas criadas por incrédulos que produzem textos e vídeos com objetivos comerciais.

Pedro só entendeu quem era Jesus porque o Pai lhe revelou. Com você não será diferente. Não é de conhecimento intelectual, como o dos que pensavam ser ele um mero profeta, nem de um pavor supersticioso, como o de Herodes, que você precisa, mas do conhecimento que produz vida.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.