"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Rádio 3 Minutos

Pesquisar este blog

#761 Quem tem ouvidos



Leitura: Marcos 7:16

Algumas expressões são tão importantes que vêm repetidas. Uma é “Em verdade, em verdade vos digo”, substituída em algumas versões modernas por “Eu lhes afirmo”. A ênfase é exagerada por ser uma afirmação que Jesus considerou importantíssima. No Evangelho de João a expressão mostra diferentes aspectos da divindade de Jesus. “Em verdade, em verdade vos digo, que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão” (Jo 5:25). Nenhuma outra voz além da voz de Deus poderia tirar os mortos de suas sepulturas.

Em João 8:34, para mostrar que mera religião não pode nos tornar filhos de Deus, Jesus diz aos religiosos fariseus: “Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado”. Eles não passavam de escravos, servos sem privilégios, como Jesus complementa no versículo seguinte: “O escravo não tem lugar permanente na família, mas o filho pertence a ela para sempre.” (Jo 8:35). Eles só poderiam ser “filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus” (Gl 3:26), o que não era o caso.

No mesmo capítulo 8 de João, Jesus diz que “se alguém guardar a minha Palavra, nunca verá a morte”, e “antes que Abraão existisse, EU SOU” (Jo 8:51, 58), mostrando ser o mesmo Jeová que se apresentou a Moisés como o “EU SOU” (Êx 3:14). Finalmente, em João 10:7 Jesus usa o “EU SOU” para dizer: “Em verdade, em verdade vos digo que EU SOU a porta das ovelhas... quem entra por mim será salvo.” (Jo 10:7, 9). Ele não é “uma” porta dentre muitas à escolha do homem; ele é “a Porta” da salvação.

Em Marcos 7:16 temos outra expressão frequente nos Evangelhos: “Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça!”. Você tem ouvidos para ouvir? Não perguntei se a sua audição é boa, mas se está disposto a ouvir. Se tem aversão só de escutar o nome de Jesus, você não tem ouvidos para ouvir. Esta capacidade está associada a crer que ele é Deus e Homem sem pecado, pois em João 8:46 ele diz: “Qual de vocês pode me acusar de algum pecado?” — pergunta retórica, para a qual não existe resposta. “Se estou falando a verdade, por que vocês não creem em mim?”.

Para esta existe resposta: Eles não criam porque Jesus dizia “que Deus era seu próprio Pai, igualando-se a Deus.” (Jo 5:18). Então em João 8:47-48 Jesus conclui: “Aquele que pertence a Deus ouve o que Deus diz. Vocês não ouvem porque não pertencem a Deus.”. Agora você já sabe o que diferencia quem é ou não de Deus. 

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.

Total de visualizações de página