"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Rádio 3 Minutos

Pesquisar este blog

#785 Humilhacao


Leitura: Marcos 8:22-26

A primeira providência do Senhor quando lhe levaram um cego foi tirar o homem da aldeia. Isto pode não fazer muito sentido para quem não entende que Deus tinha rejeitado os judeus e seu sistema de adoração, depois que aquele povo rejeitou completamente o Messias e Rei de Israel que lhes fora enviado. “Eles foram para Betsaida, e algumas pessoas trouxeram um cego a Jesus, suplicando-lhe que tocasse nele. Ele tomou o cego pela mão e o levou para fora do povoado.” (Mc 8:22-23).

Para entender melhor precisamos ir ao Evangelho de Mateus: “Ai de você, Corazim! Ai de você, Betsaida! Porque se os milagres que foram realizados entre vocês tivessem sido realizados em Tiro e Sidom, há muito tempo elas se teriam arrependido, vestindo roupas de saco e cobrindo-se de cinzas. Mas eu lhes afirmo que no dia do juízo haverá menor rigor para Tiro e Sidom do que para vocês.” (Mt 11:21-22).

Jesus não iria dar a Betsaida o gostinho de observar um sinal, pois já tinha feito ali muitos sinais e milagres, e mesmo assim fora rejeitado. Era a mesma aldeia da qual Jesus tirou o cego para ser curado e depois lhe disse: “Não entre no povoado” (Mc 8:23). Se eu e você morássemos em Betsaida ficaríamos indignados com essa discriminação. Mas Deus discrimina sim os que rejeitam a salvação que ele oferece graciosamente pela fé na Pessoa de Cristo, que morreu numa cruz para levar os nossos pecados.

A história do cego teria sido bem outra se ele não se deixasse levar por aqueles que estavam preocupados com sua cegueira para Jesus lhe abrir os olhos. Ele não teria sido curado se fincasse o pé na aldeia que representava todo o sistema que virou as costas para o Messias e Rei de Israel. Tampouco  se achasse humilhante o método do Senhor, de cuspir em seu rosto. Ele continuaria cego se ficasse julgando os métodos de Deus, ao invés de se render como um inválido incapaz nas mãos de Jesus.

A humilhação, que muitos acham que é aceitar um convite para escutar o Evangelho e se reconhecer pecador, é uma barreira para a salvação. Nosso ego não gosta de ter de engolir tudo o que acreditamos e defendemos a vida inteira, inclusive uma religião que pensávamos ser capaz de nos levar ao céu. Religião nenhuma pode fazer isso, pois a salvação está numa Pessoa, em Jesus. Só crendo nele seus olhos são abertos e você deixará de enxergar homens — sejam eles sacerdotes ou pastores, como grandes coisas, como “árvores andando” (Mc 8:24).

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.

Total de visualizações de página