"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Rádio 3 Minutos

Pesquisar este blog

#787 Em busca do Super-Homem



Leitura: Marcos 8:27-30

A resposta de Pedro— ‘Tu és o Cristo’ — causava impacto num judeu, para quem tudo girava em torno da promessa da vinda do Messias, o Cristo libertador. “Messias” significa escolhido, do qual Davi era uma figura a quem Deus disse: “Estabelecerei a tua linhagem para sempre e firmarei o teu trono por todas as gerações” (Sl 89:3-4). Os judeus esperavam por um Super-Homem, um Messias poderoso, guerreiro e libertador, e foi uma decepção ouvir Pedro dizer, após a morte e ressurreição de Jesus: “Este Jesus, a quem vocês crucificaram, Deus o fez Senhor e Cristo.” (At 2:36).

Todavia, Deus “estabeleceu em Cristo seu bom propósito... de fazer convergir em Cristo todas as coisas, celestiais ou terrenas, na dispensação da plenitude dos tempos.” (Ef 1:7-8). Assim como os raios de uma roda de bicicleta convergem para o eixo no centro, assim todas as coisas não apenas tiveram sua origem no Filho de Deus, como irão convergir nele no final. O Centro, origem e destino de todas as coisas.

Mas não era isso que queriam os judeus ou os seres humanos em geral, seduzidos que foram pela voz da serpente: “Vocês serão como Deus” (Gn 3:5). Desde a queda no Éden a história humana tem sido uma saga na busca da divinização do homem para ele poder galgar a posição olímpica de um deus. Esse empoderamento à parte de Deus começa com Caim construindo uma cidade com o nome de seu filho, e seus descendentes criando tudo para tornar a vida no mundo confortável à parte de Deus.

“Caim afastou-se da presença do Senhor e... fundou uma cidade, à qual deu o nome do seu filho Enoque.” Seus descendentes iniciariam as bases da civilização: agropecuária, artes e tecnologia. “Jabal foi o pai daqueles que moram em tendas e criam rebanhos... Jubal foi o pai de todos os que tocam harpa e flauta... Tubalcaim fabricava todo tipo de ferramentas de bronze e de ferro.” (Gn 4:16-17, 20-22). Tudo isso iria incrementar a capacidade do homem, que mais tarde diria: “Vamos construir uma cidade, com uma torre que alcance os céus. Assim nosso nome será famoso”, ao que Deus viu e respondeu: “Em breve nada poderá impedir o que planejam fazer.” (Gn 11:4, 6).

A saga dos seres humanos, que o apóstolo Paulo diz que “trocaram a glória do Deus imortal por imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal” (Rm 1:23), continua ainda hoje e almeja criar uma segunda geração, um “Homem 2.0”¸um lendário Prometeu.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.

Total de visualizações de página