"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Rádio 3 Minutos

Pesquisar este blog

#792 Envergonhados


Leitura: Marcos8:38

O capítulo 8 de Marcos termina com um aviso solene que pode preocupar algum filho de Deus que seja mais tímido: “Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras nesta geração adúltera e pecadora, o Filho do homem se envergonhará dele quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos.” (Mc 8:38). Mas repare no contexto em que ele coloca suas palavras: “Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras nesta geração adúltera e pecadora.

O crente pode até se envergonhar do que pessoas “desta geração adúltera e pecadora” irão pensar, mas sempre dará valor a Cristo e sua Palavra. Sempre existiram cristãos que esconderam ou negaram sua fé em algum momento por medo da tortura e morte, e isto nos leva a outra passagem que alguns costumam associar à que acabamos de ler: “Se morremos com ele, com ele também viveremos se perseveramos, com ele também reinaremos. Se o negamos, ele também nos negará.” (2 Tm 2:11-12).

Será que isto significa que um verdadeiro crente em Jesus poderia perder a salvação se sentisse vergonha de Cristo e sua Palavra, ou viesse a negá-lo sob tortura física ou psicológica? Ora, um verdadeiro crente tem em si uma vida que é eterna e recebeu de Deus, com o direito de chama-lo de Pai. Se o meu filho me negar será que deixaria de ser meu filho e perderia meu DNA? Jamais! Ele poderia perder a comunhão, mas não a filiação.

Portanto a negação de que fala aqui não é uma queda isolada, por mais vergonhosa que seja, como a de Pedro. Um incrédulo tem vergonha de Cristo e de sua Palavra. Se questionado, irá negar ter um relacionamento pessoal com ele. Mas o crente se alegra só de ouvir o nome de Jesus, não é alheio à leitura da Palavra e à oração. Um incrédulo está para uma porca assim como um crente está para uma ovelha. Ambas podem até escorregar cair no poço de lama, mas a ovelha quer logo sair e rolar na grama para limpar sua lã. A porca não, ela prefere ficar se refestelando na imundície.

A negação de Pedro, assim como uma eventual vergonha de testemunhar de Jesus, era passageira, por mais vergonhosa e repetida que fosse. Todavia, a graça, que a tudo perdoa, apagou a ofensa e a transformou num olhar de compaixão do qual Pedro nunca iria se esquecer: “O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra que o Senhor lhe tinha dito: ‘Antes que o galo cante hoje, você me negará três vezes’.  Saindo dali, chorou amargamente.” (Lc 22:61-62).

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.

Total de visualizações de página