"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#168 Todo aquele que o Pai me da



Leitura: João 6:37

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=HhwHnuj_NgY

Digamos que você um dia ouviu o evangelho, sentiu o peso de seus pecados e decidiu crer que Jesus é Deus e Salvador. Naquele momento você teve todos os seus pecados perdoados; você foi totalmente purificado pelo sangue do Cordeiro de Deus, e passou a ser habitado pelo Espírito Santo. Uma nova vida se abriu diante de seus olhos.

Mas o que será que realmente levou você a buscar Jesus? A resposta está neste capítulo 6 do evangelho de João. Jesus diz: "Todo aquele que o Pai me dá virá a mim". Percebe? Primeiro o Pai deu você a Jesus, depois você foi a ele. Deus já tinha incluído você na agenda dele, e foi só por isso que você creu em Jesus. Ir a Jesus não foi ideia sua, mas do Pai.

Em sua carta aos Efésios Paulo fala desta escolha, eleição e predestinação. A menos que você arranque algumas páginas de sua Bíblia, não há como negar que os salvos são eleitos por Deus. Talvez você diga: "Ótimo, então não vou me preocupar. Se Deus quiser me salvar, ele fará isso". Ok, então espere sentado pelo trem da salvação, mas só quero avisar que com uma mentalidade assim você não estará sentado na estação, mas bem em cima dos trilhos.

É um engano acreditar que crer em Jesus seja uma questão de escolha, como se você estivesse em terreno neutro decidindo entre salvação e condenação. Não é assim. Todos nós já nascemos condenados e literalmente no corredor da morte. A única opção é crer em Jesus, algo que certamente não está em nossa agenda, já que nascemos inimigos de Deus. Mas se é Deus quem escolhe, como saber se você foi escolhido? Crendo nele. Os nomes dos escolhidos não aparecem do lado de fora da porta, só do lado de dentro.

A soberania de Deus em escolher quem ele quer é uma verdade bíblica tanto quanto a responsabilidade humana de crer em Jesus. Eu posso não entender pra que crer se Deus já me elegeu, mas isso não muda o fato de que estamos diante de uma verdade bíblica. Eu não entendo como um medicamento age em meu organismo, mas eu o tomo mesmo assim. É por isso que somos salvos por fé, não por lógica.

Mas não seria Deus injusto ao escolher um para ser salvo e outro para ser condenado? Deus não escolhe quem vai ser condenado, pois todos já nascemos nesta condição por sermos pecadores. Você não pode negar que possui uma "ficha criminal" de pecados. Deus é justo ao condenar o pecador e é misericordioso ao escolher quem ele quer salvar.

Responda rápido: Quando o presidente de um país onde existe a pena máxima concede perdão a um condenado no corredor da morte, acaso ele está sendo injusto para com todos os outros criminosos que serão executados?

Se você está surpreso com a declaração de Jesus, de que "Todo aquele que o Pai me dá virá a mim", espere até descobrir nos próximos 3 minutos como ele termina essa frase.
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.