"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

#200 O Pastor das ovelhas



Leitura: João 10:1-2
Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=kTxgyuxQzG0

O capítulo 10 abre com a expressão "Em verdade, em verdade vos digo" para enfatizar o que vem a seguir. O contexto, em especial a partir do versículo 19, mostra que ele disse isso aos mesmos fariseus que no capítulo anterior criaram toda aquela polêmica sobre a cura do cego.

Os fariseus se achavam os verdadeiros pastores do povo, mas Jesus mostra aqui que eles estavam longe de terem a qualificação necessária para isso. Os três pontos importantes neste capítulo são: Jesus entra pela porta; Jesus é a porta; e Jesus é o Pastor das ovelhas.

Quem entra pela porta é quem se sujeita às condições estabelecidas pelo dono da casa. Jesus veio em total submissão ao Pai e cumprindo cada etapa que estava determinada ao Messias prometido. Ele não arrombou a porta, como faria um ladrão ou líder revolucionário. Ele não veio para roubar, matar ou destruir. Jesus é o Servo humilde de Filipenses 2:

"Sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz".

Você deve se lembrar do que aconteceu no batismo de Jesus. Enquanto os judeus eram batizados por João Batista para o arrependimento, Jesus, que não tinha pecado algum de que se arrepender, também quis ser batizado. Além de cumprir o caminho determinado para o Messias, ele pôde assim se identificar com aqueles que eram batizados.

"Mas João o impedia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim? Jesus, porém, lhe respondeu: Consente agora; porque assim nos convém cumprir toda a justiça". Mt 3:14

Não se esqueça de que nos evangelhos vemos Jesus em sua relação com Israel. A Igreja só viria a existir no capítulo 2 do livro de Atos, portanto seu rebanho aqui neste capítulo é Israel, não a Igreja. Mesmo assim podemos aplicar isto também aos que hoje creem em Cristo. O mesmo pode ser dito dos diferentes aspectos que Jesus assume como Pastor.

Neste capítulo, ele é o "bom Pastor" que dá a vida pelas ovelhas. Em Hebreus 13:20, ele é o "grande Pastor", que ressuscitou e completou a obra da redenção de suas ovelhas. Em 1 Pedro 5:4, ele é o "supremo Pastor" que voltará para dar às ovelhas uma incorruptível coroa de glória.

Quer ver esta mesma sequência nos Salmos? Então leia os Salmos 22, 23 e 24 (nas edições católicas da Bíblia a numeração é 21, 22 e 23). Jesus aparece nestes Salmos como o "bom Pastor", o "grande Pastor" e o "supremo Pastor", aquele que morreu, vive, e voltará.

Nos próximos 3 minutos faremos um passeio pelos Salmos para acompanhar essa trajetória do Pastor.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

#199 Expulso



Leitura: João 9:24-41
Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=hfBSBRCy0ak

Os religiosos fariseus não desistem. Eles voltam ao homem que foi curado e exigem que ele fale mal de Jesus. Querem que ele diga que Jesus é pecador. O ex-cego é sincero o suficiente para admitir: "Se é pecador, não sei; uma coisa sei: eu era cego, e agora vejo".

No diálogo que se segue é notória a intrepidez do homem curado por Jesus. Aquele que nasceu cego e nunca leu um livro sequer consegue deixar os cultos fariseus numa saia justa. Ele responde à insistência dos fariseus mais ou menos assim:

"Vocês perguntam como Jesus me abriu os olhos? Eu já disse e vocês nem ligaram! Por que querem que eu repita? Acaso vocês querem se tornar discípulos dele? Vocês são tão sabidos, todavia não sabem de onde é esse Jesus que me abriu os olhos. Desde o princípio do mundo nunca se ouviu falar de alguém que tivesse curado um cego de nascença! Se este homem não fosse de Deus, não poderia fazer isso".

No capítulo 4 de Atos, os líderes religiosos também são surpreendidos com a desenvoltura de Pedro e João, simples pescadores. Ali diz que "tendo percebido que eram homens iletrados e indoutos, se admiravam; e reconheciam que haviam estado com Jesus".

Você pode fazer todos os cursos de teologia do mundo e continuar ignorante acerca de Jesus. É só na presença dele e em comunhão com ele que você irá conhecer quem ele realmente é. A exemplo de Maria, irmã de Lázaro e Marta, é somente aos pés dele que você descobre o quanto ele é magnífico. Jesus, Deus e Homem.

Os fariseus encerram a conversa do mesmo jeito que fazem os líderes religiosos que se consideram superiores aos leigos: "Tu nasceste todo em pecados, e vens nos ensinar a nós?". Em seguida expulsam o ex-cego. Melhor assim. Por que? Oras, livre da influência da religião e de seus líderes, o homem agora está pronto para conhecer mais de Jesus.

Jesus se revela a ele como o "Filho do Homem", expressão que o profeta Daniel usa para o Messias: "Eis que vinha com as nuvens do céu um como o Filho do Homem, e... foi-lhe dado domínio, e glória, e o reino, para que os povos, nações e homens de todas as línguas o servissem; o seu domínio é domínio eterno, que não passará, e o seu reino jamais será destruído." Dn 7:13, 14

Agora aquele homem não apenas crê, mas também adora a Jesus. Não se esqueça disto: você não terá uma visão clara e cristalina de quem é Jesus enquanto estiver sob a influência das religiões e de seus líderes. Se for este o seu caso, espero sinceramente que você também seja expulso para se encontrar com Jesus fora de tudo isso e adorá-lo ali.

Nos próximos 3 minutos Jesus alerta para os ladrões e lobos, que só querem roubar, matar e destruir as ovelhas.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

#198 Tradicao, familia e propriedade



Leitura: João 9:13-23
Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=0FHyaHZxVI0

Quem se converte a Jesus encontra oposição, seja ela cultural, religiosa ou familiar. Em alguns países você pode perder seu emprego, bens e propriedades por causa de sua fé em Jesus. Felizmente tradição, família e propriedade são coisas desta vida, e não têm nada a ver com o céu.

O simples fato de você descobrir que a Verdade é Jesus transforma todo o resto em mentira. Se é Jesus quem salva, então minha religião não pode salvar. Se é através de Jesus que meus pecados são perdoados, então nenhum sacerdote humano pode me garantir o perdão. Se é Jesus o único intermediário entre Deus e os homens, onde ficam os santos considerados mediadores dos pecadores?

Sobre isto o apóstolo Paulo escreveu: "Há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem" 1 Tm 2:5. E veja o que o apóstolo Pedro diz de Jesus no livro de Atos: "Ele é a pedra... e em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos" At 4:11, 12.

O cego que foi curado é agora levado aos líderes religiosos e estes passam a contestar sua cura por ter sido feita no sábado, que era o dia do descanso obrigatório da religião judaica. Referindo-se a Jesus, que era o próprio Criador e Senhor do sábado, eles afirmam: "Este homem não é de Deus, pois não guarda o sábado".

Quando você se converte a Jesus a oposição religiosa vai lhe dizer que isso não aconteceu, pois não se encaixa nos padrões que os homens estabeleceram. Ou as pessoas tentarão minimizar isso, afirmando que você não era tão mal assim, como fazem os fariseus que agora passam a duvidar que o homem fosse realmente cego.

Eles interrogam seus pais, mas estes não querem se envolver. Eles têm medo de serem expulsos da sinagoga se reconhecerem que Jesus é o Messias prometido a Israel. Se você estiver preso à sua tradição religiosa ou ao seu status na sociedade, que lhe garante riquezas e oportunidades, não vai querer se comprometer por causa de Jesus. Sua preocupação será: "O que meus amigos pensarão de mim se eu me tornar um crente em Jesus?". Você já pensou assim?

O apóstolo Pedro escreveu aos crentes em Jesus: "Não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado.. por ele credes em Deus, que o ressuscitou dos mortos e lhe deu glória... tendo renascido, não de semente corruptível, mas de incorruptível, pela palavra de Deus, a qual vive e permanece." 1 Pd 1:18-23

Você prefere agarrar-se às coisas terrenas e passageiras, ou às coisas celestiais e eternas? Nos próximos 3 minutos o ex-cego é expulso da sociedade.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

#197 O cego que nao era mais



Leitura: João 9:8-12
Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=xtj3JSJSH-Y

Agora os amigos e vizinhos do cego que foi curado não o reconhecem. "Não é este o mesmo que se sentava a mendigar? Uns diziam: É ele. E outros: Não é, mas se parece com ele. Ele dizia: sou eu".

Você sempre sai diferente de um encontro pessoal com Jesus. Não que precise experimentar algo tão radical quanto uma cura física, como a deste cego, ou algum tipo de experiência mística que o faça perder o controle de si mesmo. Ser tocado por Jesus é ter os olhos abertos para as realidades espirituais. Três coisas acontecem aqui.

A primeira é a transformação de um estado para outro. O cego é literalmente curado e passa a enxergar. Quando você se reconhece cego espiritualmente e crê no Salvador, é curado de seus pecados. O bloqueio que o impedia de enxergar as verdades espirituais é removido. Sua perspectiva de vida passa a incluir a eternidade.

Agora o cego também sabe para onde vai. Antes ele podia até saber que estava numa estrada, mas não podia ver o seu destino. Se você caminha pela estrada da vida sem saber para onde vai, ainda está cego. A terceira consequência do encontro com Jesus é que os parentes e amigos percebem a mudança, mesmo sem saber o que foi que mudou.

Após ter sido salvo por Jesus você passa a testemunhar dele, como faz o cego aqui. Ele chega até mesmo a levar outros a Cristo, pois alguns querem saber onde está Jesus. Eles também querem se encontrar com ele, seja por mera curiosidade ou por realmente desejarem que suas vidas sejam transformadas.

Mas não espere que ao ser tocado por Jesus você adquira um conhecimento instantâneo das coisas de Deus. Sua salvação é instantânea - ao crer no Salvador você é imediatamente perdoado de todos os seus pecados. Mas o conhecimento de quem o salvou virá gradativamente, como acontece com o homem que era cego.

Sua salvação não depende do quanto você conhece, mas apenas de sua fé no Salvador e no que ele fez por você. Alguém convertido há 30 segundos está tão salvo quanto aquele que se converteu há 30 anos. Tudo o que você precisa saber é que Jesus morreu para levar os seus pecados e ressuscitou ao terceiro dia para sua justificação.

São as religiões humanas que condicionam a vida eterna ao estudo e aperfeiçoamento, fazendo do céu um lugar distante e inacessível. Mas o ladrão convertido ao lado de Jesus na cruz tão somente clamou por salvação e foi ouvido: "Hoje estarás comigo no Paraíso", disse-lhe Jesus. Este é o Deus da Bíblia, acessível e pronto para salvar. Ele diz: "Ouvi-te em tempo aceitável e socorri-te no dia da salvação; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação". 2 Co 6:2

Nos próximos 3 minutos o cego curado enfrenta a oposição da religião e sua família se envergonha do que aconteceu com ele.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.