"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#257 Amor sem medida



Leitura: João 15:9-13
Vídeo: http://youtu.be/vnPKmameszo

"Ninguém me ama!". Acho que todos nós já sentimos isso em algum momento da vida, não é mesmo? Porém há quem adote isso como um lema, uma muleta para a vida inteira. São pessoas que vivem cantando a velha canção, cuja letra dizia: "Ninguém me ama, ninguém me quer; Ninguém me chama de meu amor. A vida passa, e eu sem ninguém, e quem me abraça não me quer bem".

Ok, vamos supor que você, que tem tanto amor para dar, não encontrou alguém capaz de amar você. Será que você procurou direito? Como identificar alguém capaz de amar você com um amor sem medida? Jesus dá a dica no evangelho de João, capítulo 15, versículo 13: "Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos". Quem realmente ama está disposto a abrir mão de tudo pela pessoa amada. Até da própria vida.

Está na hora de você conhecer o amor de Deus e a expressão máxima desse amor: Jesus. Ele não desceu do céu como um Avatar, para dar um exemplo de como você deve ser. Ele desceu para entregar sua vida numa cruz e tornar você apto para morar com ele no céu. É somente pelo sacrifício de Jesus, colocando-se no seu lugar de réu e recebendo a paga pelos pecados que você cometeu, que você pode ter agora todos os pecados perdoados e ser visto por Deus como uma nova criação.

Da próxima vez que você começar com aquela ladainha de que não é amado, pare e pense em Jesus. Ele ama você com um amor que ninguém seria capaz de expressar. E quando cogitar que ninguém lhe quer, pense na distância infinita que ele percorreu da magnífica glória até este mundo arruinado, só para ter você ao seu lado.

Não é com um amor qualquer que ele ama você, mas com o mesmo amor divino com que ele próprio, o Filho Eterno, foi amado pelo Pai. Veja o que ele diz: "Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor... Tenho lhes dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa" (Jo 15:9-11.

Quando você crê em Jesus como seu Salvador e Senhor, sua alegria é completa, seu cálice transborda. Você passa a viver em feliz comunhão com o próprio Deus. Se não tem sido esta a sua experiência, então é por não estar cumprindo a condição que Jesus colocou, não para a sua salvação, que depende apenas da fé em Jesus e sua obra, mas para a alegria da comunhão, que depende de obediência. Ele explica assim:

"Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço... O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei" (Jo 15:10-12). O que?! Amar como Cristo me amou?! Impossível, não é mesmo? Por isso nem tente encontrar em si mesmo esse amor sem medida. É com o amor de Deus que você deve amar as pessoas. Mas para isso é preciso conhecer esse amor, deixando-se abraçar por Jesus, aquele que lhe quer bem.

Nos próximos 3 minutos você pode ser promovido.

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.