"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,
para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

Carregando...

#706 O Reino em misterio


Leitura: Marcos 4:1-14

“Ele lhes ensinava muitas coisas por parábolas, dizendo em seu ensino: ‘Ouçam! O semeador saiu a semear.’” (Mc 4:2-9). Já que nem Israel, nem o homem em seu estado natural produziram fruto para Deus, Jesus irá providenciar isso a partir do zero. Ele é o Semeador e também a semente, pois “o Semeador semeia a Palavra” (Mc 4:14) e aprendemos do Evangelho de João que Jesus é a Palavra ou Verbo de Deus (Jo 1:1).

Embora a tarefa de semear seja de Jesus, ele a compartilha com os que são seus, pois Hebreus diz que “esta salvação, primeiramente anunciada pelo Senhor, foi-nos confirmada pelos que a ouviram.” (Hb 2:3). Mesmo com a atuação direta do próprio Jesus na semeadura, apenas um quarto das sementes produz fruto. O Semeador é perfeito, a semente é perfeita, porém os resultados variam em função dos diferentes solos. Portanto não desanime quando semear e não vir fruto na mesma proporção da semente.

Após contar a parábola para a multidão, Jesus reúne apenas seus discípulos para explicar seu significado. “Quando ele ficou sozinho, os doze e os outros que estavam ao seu redor lhe fizeram perguntas acerca das parábolas. Ele lhes disse: ‘A vocês foi dado o mistério do Reino de Deus, mas aos que estão fora tudo é dito por parábolas, a fim de que, ainda que vejam, não percebam, ainda que ouçam, não entendam; de outro modo poderiam converter-se e ser perdoados”. (Mc 4:10-12). Sempre haverá na terra a multidão que apenas ouve, e os que são do Senhor e entendem.

O assunto desta e das outras parábolas é o “Reino de Deus”, que muitos confundem com salvação, Igreja ou céu. Não é. O Reino é a esfera de governo e influência moral onde a autoridade de Cristo é reconhecida. Dependendo do modo como a Palavra é recebida, ela tem diferentes resultados. Mas tenha em mente que são os resultados exteriores que estarão sendo aqui apontados, e não a salvação. Se fosse, alguém poderia dizer que é possível uns serem mais salvos que outros, pois o resultado ou “fruto” no final difere dependendo do solo.

Pense no Reino de Deus como um batalhão. Por fora parecem todos iguais, mas se existir um inimigo infiltrado fazendo-se passar por soldado, o que ele parece ser não é suficiente para revelar o que existe debaixo da farda. Apenas Deus é capaz de julgar o solo e o fruto. Quer um exemplo? Veja a cristandade hoje e pense naquele ditado popular: “Por fora bela viola, por dentro pão bolorento”. Aí você vai entender o aspecto visível do Reino.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Para baixar os vídeos:

http://www.mediafire.com/?50ddj2c90jjjs É permitido gravar, copiar e distribuir gratuitamente.