"Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas,

para que a possa ler quem passa correndo". Habacuque 2:2

Pesquisar este blog

#802 Você tem garantia? - Marcos 9:25-30


Leitura: Marcos9:25-30

“Quando Jesus viu que uma multidão estava se ajuntando, repreendeu o espírito imundo, dizendo: ‘Espírito mudo e surdo, eu ordeno que o deixe e nunca mais entre nele’. O espírito gritou, agitou-o violentamente e saiu. O menino ficou como morto, a ponto de muitos dizerem: ‘Ele morreu’. Mas Jesus tomou-o pela mão e o levantou, e ele ficou em pé.” (Mc 9:25-27).

Muito do que é praticado hoje na cristandade busca o exibicionismo e a promoção. Jesus não. Ele decide libertar logo o menino ao perceber “que uma multidão estava se ajuntando”. Ele nunca busca se exibir, mas procura fazer a vontade do Pai, não da curiosidade das multidões. Depois de evitar a aglomeração de curiosos ele sai com os discípulos “daquele lugar e atravessaram a Galileia. Jesus não queria que ninguém soubesse onde eles estavam.” (Mc 9:30). A multidão não entende o que o Senhor faz, “a ponto de muitos dizerem: ‘Ele morreu’”.

Para um incrédulo uma pessoa liberta por Cristo está morta, mas para Deus ela está viva. Por outro lado, quem ainda não creu em Jesus pode até se achar vivo, mas aos olhos de Deus está morto. É como um galho seco incapaz de dar fruto. Os que ainda estão “mortos em suas transgressões e pecados” andam conforme a opinião pública, “a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência... satisfazendo as vontades da nossa carne, seguindo os seus desejos e pensamentos.” (Ef 2:1-3). Pessoas assim podem se interessar por exibicionismo religioso cristão, mas não por Cristo.

Por isso existem igrejas cheias de pessoas atrás de sinais, milagres e maravilhas, mas que desconhecem o perdão e a libertação completa de seus pecados. Acham que precisam fazer algo para serem salvas e continuar fazendo para não perder a salvação. Viver assim é como praticar roleta russa, sem saber qual pecado poderá explodir seu destino. Como descansar numa vida de pavor como essa, enquanto falsos pregadores alimentam esse medo com um falso evangelho de boas obras?

O apóstolo Paulo mostrou aos crentes em Éfeso quando eles podiam se considerar salvos: “Quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados com o Espírito Santo da promessa,  que é a garantia da nossa herança até a redenção daqueles que pertencem a Deus, para o louvor da sua glória.” (Ef 1:12-14). Você sabe para quê serve uma garantia, não sabe? Então não duvide.

(Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)
As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Total de visualizações de página